“Não tem mais Jeito”

"Nao tem mais jeito"

"Não tem mais jeito"

“Não tem mais Jeito”

Numa manhã, certa mulher  acordou, viu que o tempo estava nublado, nem o sol estava ali para brilhar o seu dia. Mal sabia ela, que seu dia ficaria mais triste, faria um exame de rotina pois tinha um problema de saúde. Mesmo no auge da sua juventude, ela não havia encontrado recurso para um problema simples que começou quando ela estava entrando na adolescência. Seu problema era hemorragias internas intermináveis. Devido este problema, cada dia que passava ela abatia dia após dia, desgastava por saber que tinha entre 20 a 24 anos e com este mal não poderia gerar filhos, esta enfermidade já durava 12 anos, seu corpo já debilitado pelos constantes avanço da hemorragia, dissipava qualquer chance de melhora e no seu  íntimo um grito pedindo socorro.

Quando chegou ao médico naquela tarde não esperava que o pior ainda poderia acontecer; naquele dia o  médico não conversou sentenciou: “Para você não tem mais Jeito”. Ela já havia gastado praticamente tudo que possuía  com os médicos e medicamentos, pois seus familiares possuíam bens, mas nada resolvera a situação. O fim daquela tarde foi difícil, a voz do médico ainda ecoava em sua mente: “Não tem mais Jeito”. Em seu peito uma angústia dominava, tantos sonhos desfeitos, frustrados, roubados através de uma sentença. O vazio foi completado com imensa tristeza e dor, ela não conseguia enxergar uma saída. Mesmo em meio a tanto sofrimento ela ouviu falar que estaria passando em sua cidade um homem, que tinha poder para salvar e curar enfermos, isto era o que restava para esta tal moça? Talvez. Ela já havia buscado recurso em todos os locais e o que havia encontrado era frustração.

Quando ela procurou saber de quem tratava, disseram que um homem por nome Jesus, vindo da região da Galiléia, estaria passando  em sua cidade. Jesus era alguém conhecido ou “esperado”, não era a única, logo percebeu que uma multidão acompanhava, ficou surpresa ao deparar que a maioria dos que estavam na multidão, tinham problemas semelhantes ou piores. Como foi difícil aproximar, todos queriam tocá-lo, outros ouvi-lo, muitos desejavam que Ele colocasse fim a fome, na realidade ela encontrou um bloqueio humano, um muro a ser transposto, mas  estava convicta que se este homem realizaria o milagre quando ela tocasse nEle. Acreditava também que sua perseverança determinaria a sua vitória. Ela  com muita garra conseguiu tocar em Jesus e no mesmo instante  ficou sã (limpa, pura).

Muitas vezes não encontramos  solução para  situação, pois nossos problemas transformam-se  em barreiras instransponíveis. Assim como esta mulher não conseguia encontrar uma solução, muitos estão buscando uma solução outros perdidos sem direção. (Porque todos pecaram e destituídos estão  da glória de Deus. Rm 3.23)

O mal vem para mostrar a impossibilidade, geralmente o ser humano encontra-se em situações em que estará impossibilitado de fazer qualquer coisa, aquela mulher tinha um mal e uma das impossibilidades era justamente o de  gerar filhos, esta enfermidade já durava 12 anos, o tempo de duração do problema somente  ajuda a desestruturar e roubar a fé. Quando encontrar-se assim é hora de gritar pedindo socorro, o grito é necessário para dizer que estamos vivos, o grito é um pedido para que possamos ser atendidos por Deus. (E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude. Lc 8. 46).

Independente da sentença que foi dada pelo (Médico, Juiz): “Para você não tem mais Jeito”, ignore a voz do homem e procure ouvir a voz de Deus. Deus trabalha no campo do Impossível enquanto o homem trabalha apenas com possibilidades, a esfera de Deus é sobrenatural e do homem  natural. Infelizmente a tendência humana é buscar a Deus quando esgota-se os recursos humanos, esta mulher enquanto possuía bens buscava um meio para conseguir sua cura, mas após ter gastado tudo que possuía, não restava mais recurso, procurou Jesus. (…e gastara com os médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada. Lc 8. 43b).

O problema muitas vezes frustra sonhos, rouba a felicidade, o aperto da tristeza a dor sentida no peito gera um vazio que somente poderá ser preenchido por Jesus, ouvir falar de Jesus não será suficiente,  além de ouvir que Jesus estava na cidade ela foi até Jesus, ela ouviu dizer que Ele curava e salvava, quando sabemos do que Ele pode fazer devemos fazer nossa parte. Aquela mulher não esperou, ela foi até  Jesus,  ficou espantada pois não era a única que “Esperava” um milagre de Jesus, havia uma multidão, o milagre não é um fim em si mesmo, mas uma chancela provando a identidade de  que Jesus  é Deus. Porém o maior milagre que o ser humano poderá receber não é receber saúde física, e sim saúde Espiritual. ( E digo-vos, amigos meus: não temais os que matam o corpo e depois não tem mais o que fazer. Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer: temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno, sim, vos digo, a esse temei. Lc 12. 4-5).

          Certamente Jesus tem poder para curar, mas o maior propósito de Cristo continua sendo Salvar o pecador. (Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor. Rm 6.23).

Você sempre encontrará barreiras quando assentar em seu coração de ir até Jesus, assim como aquela mulher encontrou uma multidão para impedi-la, porém a vitória estará na perseverança e determinação de encontrá lo acima de tudo. (E Ele lhe disse: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou; vai em paz. Lc 8. 48).

“O Pastor”

Anúncios
Esse post foi publicado em Eclesiologia. Bookmark o link permanente.

Muito Obrigado pela visita "God Bless you".

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s