“Quem sou eu?”

Quem sou eu?

Este questionamento por vezes nos atordoa, quem nunca perguntou “Quem sou eu”, que dúvida cruel, mas no decurso da vida situações  surgem e neste desenrolar vivido nós vamos nos apresentando para a própria vida, quem de fato nós somos. Alguns se lamentam pelos erros em demasia, mas este é você, sem tirar e nem por, você é a soma dos erros acertos, decisões frustradas e acertadas, planos furados e acertados. É comum olharmos para a palavra de Deus e nos assemelharmos ou pelo menos acreditar que por hora parecemos com certos personagens. Quem nunca leu textos de Juízes em que deparou-se com  situações das quais o povo de Deus estava passando, sendo subservientes aos Filisteus, quem sabe você já vibrou com palavras de libertação vindas de nossos púlpitos pregadas sobre Gideão, Sansão e outros guerreiros. Talvez você já imaginou que por hora você foi um Davi, guerreou, esteve sozinho, pastoreou, lutou com leão, Golias, escondeu-se do Rei, fingiu de louco e quantas situações enfrentadas por esse herói bíblico.

Quem sou eu? Nossa reflexão de hoje, será sobre 3 personagens, sem explorar muito. Rei Saul, Profeta, Sacerdote, Juiz Samuel e Aspirante ao Reino Davi. Quando olhamos  para o primeiro personagem, nossa pergunta temática foge, quem sou eu? Saul. Todos dirão, não, eu não sou Saul, meu chamado é outro,  realmente ninguém quer ser Saul, mas igual a Saul existe aos montes. Mas o povo queria um Rei, Saul era o desejo dos homens, Davi era o projeto de Deus, Saul era um Rei do jeito que o povo queria, forte, alto, saía sempre na frente nas batalhas, mas não tinha nada na cabeça. As vezes nós pensamos que não somos Saul, nem temos ministério de Saul, mas nossas atitudes contradizem nossas palavras. Mentimos, desobedecemos o profeta, não conseguimos voltar atrás, talvez o orgulho, a soberba e a própria posição dele fosse um incomodo para  pedir perdão. Fato é que Saul existe, está entre nós e apesar dos seus poucos pecados em comparação a Davi morrerá por desobediência. As vezes não somos o Saul da História, as vezes temos a vida dura do Profeta, Juiz e Sacerdote Samuel, desde sua tenra idade ouvindo a voz de Deus, Samuel é o tipo  de pessoa que Deus usará. Na maioria das situações precisará sempre ser imparcial, diferente, Samuel é o tipo que obedece e unge Saul, mas é o homem que fala para Saul que o seu reino passou, Samuel é o tipo de homem, que obedece a voz de Deus, tem zelo pela palavra, Samuel não alivia nem para sua casa, Samuel nunca será Rei, nunca porque ele é o  homem que faz a transição entre um e outro Rei, o ministério de Samuel é glorioso mais o caminho é árduo, o que faltou em Saul seria achado somente em Samuel “Autoridade”,  somente Samuel tinha autoridade para matar Agague, rei dos amalequitas, visto que Saul preferiu olhar para os despojos e Samuel preferiu obedecer.

Quem sou eu? Se esta pergunta for respondida por você dizendo que o teu ministério baseia se nesta semelhança de Samuel, fica apenas uma palavra, aprenda a ouvir Deus sempre. Mas as vezes voltamos nossos olhos a Davi, todos querem parecer com este herói, afinal de contas Davi é supra, quando olhamos para Davi, nos realizamos nele, em suas conquistas, vitórias, histórias e tudo o que este personagem vivenciou, sou  do tipo que creio plenamente no que prego, sou do tipo que prego e creio que quando uma pessoa de fato é chamada por Deus seus irmãos não se assentarão a mesa antes que este venha assentar se junto com os demais, sou do tipo que prego que Deus concederá oportunidades a Davi para mostrar que Deus é com ele, sou do tipo que acredito na soberania de Deus para a execução do plano de Deus na vida de Davi apesar dos erros deste, Deus segurou pelas garras da misericórdia.

Acredito em muitos que tem Ministério e são verdadeiros Davi, porém a Igreja execrou, baniu porque pecaram com Bate Seba, estes não receberam perdão e nós julgamos antes do SENHOR proferir sentença. Todos tem vontade de ser Davi, mas ninguém quer passar por onde Davi passou, ninguém deseja seus desafios, querem as benezes do Reino, mas não querem lutar para conquistar. Será que se você, fosse confrontado com o Pecado que você cometeu, você conseguiria escrever um ou mais Salmos? A Igreja de hoje tenho absoluta certeza que Davi nem no banco ficaria, “seu pecado falaria mais alto”  é impossível ministrar cultos ou louvores Davi, não há sacrifício que perdoe Davi?Lógico que existe mas o homem não perdoa nem esquece. Mas Deus que investiu em Davi perdoa e restaura, mas quem eu sou ou quem sou eu?

Quem sou eu? Saul, Samuel ou Davi. Talvez você repense e seu desejo, quem sabe ser um Profeta Samuel, pense bem, também existe um preço, mas talvez você seja Saul, voltar atrás você não consegue? Independente da sua posição simplifique tudo pedindo perdão, agora se teu ministério é ser Davi, prepare-se meu nobre amigo para sofrer como Davi sofreu, ser caluniado e para falar como Davi… “ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, nao temeria mal algum, porque tu estas comigo;” Sl 23.4

“O Pastor”

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para “Quem sou eu?”

  1. Neide Santana disse:

    Que o Senhor continue te usando Pr. Ivan igual o salmista, não se cale, independente do resultado, faça sua parte!
    A MINHA LINGUA É A PENA DE UM DESTRO ESCRITOR”( Salmo 45.1)

Muito Obrigado pela visita "God Bless you".

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s